;

NOTÍCIAS

Consórcio e EMTU apresentam plano de retomada das obras do Terminal Metropolitano

As obras do Terminal Metropolitano de Americana, na Avenida Dr. Antonio Lobo, foram retomadas para a conclusão do espaço. Representantes da Prefeitura de Americana, da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e do Consórcio Construtor Biléu Soares, constituído pelas empresas Camargo Corrêa Infraestrutura e Galvani Engenharia, se reuniram na manhã desta terça-feira (16/5), na sede da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (SOSU), para discutirem sobre a retomada.

“O prefeito Omar Najar pediu prioridade para a conclusão do terminal e o prazo de entrega foi estabelecido pela construtora e EMTU para até o final deste ano. A prefeitura se colocou à disposição para colaborar no que for possível para a entrega o mais rápido possível desta obra, atendendo a população da cidade e os comerciantes do Centro”, disse o secretário da SOSU, Adriano Camargo Neves.

As equipes da Unidade de Transportes e Sistema Viário da prefeitura vão realizar em conjunto com a construtora para organização do trânsito,  interdições que poderão ocorrer durante a obra e remodelações viárias, segundo o secretário adjunto e autoridade municipal de trânsito, Eraldo Camargo. “Vamos nos unir para realizar algumas intervenções que sejam necessárias no sistema viário, dando suporte para remodelações nas sinalizações de trânsito, acessibilidade para pessoas com deficiência, entre outras, visando a melhoria no fluxo de veículos e segurança dos pedestres”.

Para o engenheiro da EMTU, Roni Leite do Nascimento, a conclusão do Terminal Metropolitano em Americana foi colocada como prioridade à empresa construtora da obra, dando continuidade das obras do Corredor Metropolitano na região. “As equipes vão trabalhar simultaneamente para a conclusão do Terminal de Americana, avenidas Europa e São Paulo.”

Uma equipe já está fazendo a limpeza, colocação de tapumes e proteção nas escadas desde o dia 10 de maio e, ainda esta semana, terão início as obras de acabamento do piso superior. “O projeto é o mesmo do início da obra, não teve mudanças. Podemos nos reunir com a equipe da prefeitura e a construtora para discutir algumas melhorias”, concluiu o chefe de Departamento de Fiscalização da EMTU, José Eduardo Toledo Cruz Jr.

Leia mais: