;

NOTÍCIAS

Motoristas de Americana decidem em assembleia encerrar a paralisação do transporte coletivo


Motoristas da Viação Princesa Tecelã de Americana (SP) decidiram, em assembleia no começo da noite desta quarta-feira (7), encerrar aparalisação iniciada pela manhã. Segundo o sindicato da categoria, os cerca de 300 trabalhadores retornam ao trabalho na quinta (8) pela manhã. A paralisação afetou 80 linhas municipais do transporte coletivo.


Os funcionários iniciaram a manifestação porque têm receio de não receberem os salários do mês e nem os benefícios trabalhistas. O motivo é o fato de a empresa deixar de prestar o serviço no fim de novembro, quando uma nova permissionária assumirá a exploração do transporte municipal em caráter emergencial.


De acordo com Nadir José, secretário-geral do Sindicato dos Motoristas de Ônibus de Americana, os trabalhadores se comprometeram a retornar ao trabalho após reunião realizada na prefeitura com representantes do governo e da empresa de que eles irão buscar uma solução com mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT).


A ideia é buscar uma audiência com o MPT para resolver o impasse sobre os pagamentos e benefícios dos motoristas. "Assumimos esse compromisso, mas esperamos que essa audiência ocorra logo", disse José.


Empresa contratada


Americana escolheu no dia 21 de setembro a empresa Sancetur para firmar um contrato emergencial válido por seis meses para operações do transporte público, a partir de 1º de dezembro, segundo a Prefeitura. Em decreto publicado, o governo decidiu rescindir o acordo com a empresa Viação Princesa Tecelã (VPT) por caducidade ao considerar, entre uma série de itens, que ocorreram "graves infrações contratuais e legais" e prejuízos aos usuários.


A administração informou que cinco orçamentos foram solicitados após a medida e os requisitos considerados foram tempo médio da frota e a capacidade de atendimento.(fonte site G1 Campinas)




Leia mais: