Após alta de casos de Covid, Câmara de Campinas retoma sessões online e suspende atendimento ao público

Publicidade

A Câmara de Vereadores de Campinas (SP) anunciou, na manhã desta quarta-feira (12), que retomará as sessões de forma remota a partir de fevereiro, após o recesso do Legislativo, e suspendeu o atendimento ao público na Casa. A decisão foi tomada após a nova explosão de casos de Covid-19 e gripe neste início de ano.

As reuniões online valem para análise de projetos de lei, moções e requerimentos, que passam a ser extraordinárias, e também encontros de comissões permanentes e audiências públicas. Sessões solenes, entretanto, estão suspensas.

A presidência da Câmara afirmou que a reforma do prédio também colaborou para a decisão, já que a intervenção limita espaços e faria com que as pessoas ficassem mais perto umas das outras. Além disso, como a obra fez alguns setores do Legislativo precisarem se adequar em espaços menores, os diretores poderão determinar um sistema de rodízio entre servidores para evitar aglomerações.

A Câmara de Campinas usou o Sistema de Deliberação Remota durante o ano inteiro de 2020. No início de 2021, as sessões presenciais foram retomadas, mas em seguida suspensas por conta da intensificação de casos e mortes que ficou conhecida como segunda onda da pandemia de Covid-19, quando a vacinação ainda não tinha atingido a maior parte da população.

Em agosto, quando a imunização refletiu em uma melhora dos indicadores, a Casa retomou as reuniões no plenário e com a presença de público. No entanto, a decisão precisou ser revista agora no início da 2022 para evitar uma proliferação maior de infectados.

Fonte: G1


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?