Campanha “Juntas no Ciclo” conta com 14 pontos de coleta de absorventes em Hortolândia

Publicidade

Em menos de uma semana desde o seu lançamento, a campanha “Juntas pelo Ciclo”, que tem por objetivo garantir para as mulheres em situação de vulnerabilidade social o acesso a absorventes, já conta com 15 pontos de coleta espalhados em diversas regiões do município. Confira abaixo onde é possível fazer sua doação.

A campanha “Juntas pelo Ciclo” nasceu a partir de uma realidade pouco divulgada, porém com números alarmantes: segundo organizações não governamentais e empresas do setor, cerca de 23% das mulheres que menstruam no Brasil não têm condições de adquirir absorventes todos os meses. O fato chamou a atenção da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria dos Anjos, enquadrando essa falta de absorventes como caso de saúde pública. “A falta de acesso a produtos de higiene menstrual gera consequências sérias, como a baixa frequência escolar ou no trabalho, aumento no risco de infecções pelo uso de produtos improvisados e inadequados, constrangimento, entre outros males. É necessário que o Poder Público e a sociedade se mobilize para que possamos garantir esse cuidado básico para as mulheres em situação de vulnerabilidade”, destacou a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia.

A situação, também denominada de pobreza menstrual, não é uma realidade apenas no Brasil e os números são tão expressivos que, em 2014, a ONU (Organização das Nações Unidas) reconheceu que o direito à higiene menstrual é uma questão de saúde pública e de direitos humanos.

“O que as pessoas precisam entender é que o absorvente não é um item de beleza e, sim, um produto de higiene básica. Porém, com a situação econômica do país e os preços praticados no mercado, ele torna-se inacessível para muitos. Por isso, decidimos iniciar essa campanha, chamando a atenção para algo sobre o qual pouco se fala, porém que tem um impacto bastante considerável em todas que precisam fazer uso do produto”, afirmou a presidente do Fundo Social de Solidariedade.

A campanha “Juntas no Ciclo”, do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, tem caráter permanente. Para isso, Maria dos Anjos comentou que está sendo trabalhado um projeto de lei para que a proposta se torne política pública no município. Mais informações sobre a campanha de arrecadação de absorventes pelo telefone (19) 3819-1005.

Confira os pontos de arrecadação:

Sede do Fundo Social (Rua Benedito Francisco de Faria, 467, Remanso Campineiro)

Paço Municipal “Palácio das Águas” (José Cláudio Alves dos Santos, 585, Remanso Campineiro)

Centro de Formação dos Profissionais da Educação “Paulo Freire” (Rua Euclides Pires de Assis, 205, Remanso Campineiro)

Hortofácil (Rua Argolino de Moraes, 415, Vila São Francisco)

Tenda Atacado (Rua José Camilo de Camargo, 5, Remanso Campineiro)

Rádio Digital Pop (Avenida Da Emancipação, 15)

Observatório Parque Escola (Rua Bolívia, 290 – Jardim Santa Clara do Lago II)

Drogaria São Paulo (Rua Benedito Leite, 291, Jardim Santa Izabel)

Drogaria Santa Terezinha (Rua Líbero Badaró, 531, Jardim do Bosque)

Supermercado Morete (Avenida João Coelho, 361, Chácaras Fazenda Coelho)

Salão de Beleza Tomazin (Rua Luiz da Costa Camargo, 140, Jardim Santa Clara)

Parque Irmã Doroth Stang (Rua Manoel Antônio da Silva, 415, Jardim São Benedito)

Rose Ovos (Rua Marcelina Ramos Meira, 55A, Jardim Santa Izabel)

Adriana Marola Boutique (Rua Caetano Basso, 193, Vila São Francisco)

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Hortolândia


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?