Campinas tem 85% de ocupação em UTIs para crianças com doenças respiratórias e prepara abertura de mais 10 leitos

Publicidade

A pressão iminente por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica para doenças respiratórias fez com que a Rede Mário Gatti, autarquia responsável pela administração dos hospitais municipais de Campinas (SP), programasse a abertura de mais 10 estruturas para semana que vem. Nesta sexta-feira (7), 14 crianças com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) estão internadas, e as unidades possuem 16 leitos de UTI ao todo.

No total, 37 crianças estão internadas com sintomas respiratórios nesta sexta. Além das 14 em UTI, há 23 em leitos de enfermaria, destinados a casos menos graves.

Todos os 16 leitos de UTI da rede municipal estão instalados no Hospital Dr. Mário Gatti. O hospital também tem 16 leitos de enfermaria, dos quais 13 estão ocupados, e nove no pronto-socorro infantil, com duas crianças.

Já no Ouro Verde são dez leitos de enfermaria e oito estão ocupados. A ocupação total, somados leitos de enfermaria e UTI, é de 72,5%.

Das 37 crianças internadas, uma está com suspeita de Covid-19. As demais possuem outras doenças respiratórias.

Novos leitos

Em nota, a Rede Mário Gatti afirmou que acompanha a demanda de pacientes com sintomas gripais que chega aos gripários dos hospitais e nas unidades de pronto atendimento, “com uma programação de abrir 10 leitos de UTI pediátricos no Hospital Ouro Verde”.

Segundo a autarquia, a abertura das novas estruturas ocorrerá na próxima semana, mas o dia vai depender da necessidade de leitos. A Rede não informou se serão estruturas que não estavam em uso ou se haverá a conversão de leitos de outros setores.

Fonte: G1

 


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?