Chico e Odir abrem Programa de Desenvolvimento Paralímpico em Americana

Publicidade


O prefeito Chico Sardelli e o vice-prefeito Odir Demarchi, ao lado dos secretários estaduais de Esportes, Aildo Rodrigues, e dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, abriram nesta terça-feira (15) a etapa de Americana da Capacitação Técnica do Programa de Desenvolvimento Paralímpico no Estado de São Paulo, uma iniciativa do Governo do Estado, com apoio da Prefeitura de Americana. A cerimônia ocorreu no Teatro de Arena Elis Regina, no Jardim Colina.

A iniciativa tem o objetivo de qualificar profissionais de Educação Física da rede pública e privada para a prática de modalidades paralímpicas. Em Americana, as aulas ocorrem até o dia 18 de fevereiro no Centro Cívico, com a capacitação técnica do esporte paralímpico, com foco nas modalidades de Atletismo, Parabadminton, Goalball, Tênis de Mesa, Natação, Bocha, Ciclismo e Basquete cadeira de rodas.

O prefeito Chico Sardelli elogiou o programa, que promove a inclusão de pessoas com deficiência por meio da prática esportiva. “Eu acredito no esporte como elo de transformação e a capacitação dos profissionais de Educação Física para a possibilidade de trabalhar com pessoas com deficiência é muito importante. Transmitir esses conhecimentos aos futuros atletas é uma ação humana e social”, declarou.

Chico e Odir ainda agradeceram ao governo estadual por selecionar Americana para sediar a abertura desta etapa do PARALÍMPICO. “Para nós é motivo de muito orgulho ter esse evento em Americana. Agradeço o secretário de Esportes por escolher nossa cidade para que esse evento pudesse acontecer, assim como a secretária Célia Leão, que tem trazido diversos recursos para nossa cidade”, disse o vice-prefeito.

O Censo IBGE mais recente mostra que Americana está em 33º lugar no Estado em número de pessoas com mais de 10 anos de idade com alguma deficiência. São mais de 186,7 mil pessoas com alguma deficiência, segundo a pesquisa nacional.

A secretária Célia Leão citou dados estaduais ao se dirigir aos profissionais de Educação Física, destacando o caráter inclusivo do programa. “Temos 3,7 milhões de pessoas com deficiência no Estado de São Paulo, sendo 42% idosos acima de 60 anos. De 59 para baixo, temos jovens, adultos e crianças que querem fazer esporte e aí entram vocês que se colocaram à disposição para aprender modalidades de Esportes paralímpicos para treinar nossas crianças com deficiência e tirá-las do banco de concreto enquanto outras crianças jogam bola. Cada um de vocês, de uma forma singular, ajuda a mudar a sociedade”, discursou.

Já o secretário Aildo Rodrigues lembrou a realização dos Jogos Escolares, que incluem modalidades paralímpicas. “Fico muito feliz e muito grato por essa oportunidade de hoje vir a sua cidade, Chico, fazer o lançamento para que nós tenhamos aqui professores qualificados para a realização dos nossos jogos. Parabéns aos professores presentes, que vocês sejam multiplicadores de conhecimento”, destacou.

MAIS INVESTIMENTOS

Durante a cerimônia, os secretários estaduais destacaram os próximos investimentos destinados a pessoas com deficiência em Americana: a implantação de uma academia adaptada e a aquisição de três cadeiras de trilha adaptadas para o Jardim Botânico, dentro do programa “Cidade Acessível”, que prevê parcerias entre as prefeituras e o Governo do Estado para a aquisição de equipamentos e o desenvolvimento de obras que promovam a inclusão e a acessibilidade.

Também estão em tramitação outros dois convênios para a aquisição de veículo van adaptado para cadeirantes e a implantação de playground adaptado no Jardim Botânico.
A cerimônia no Teatro de Arena contou ainda com a presença dos secretários municipais Grasiele Rezende (Esporte), Vinícius Zerbetto (Gestão de Convênios), Márcia Gonzaga (Cultura e Turismo), Allisson Roberto (Comunicação e Tecnologia da Informação), do secretário adjunto de Esportes, Diego Olindo, e do vereador Pastor Miguel. A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Munhoz Fernandes, foi representada pela diretora da Unidade de Assistência Social e Direitos Humanos, Beatriz Betoli Bezerra.


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?