Haddad diz que PT vai apoiar Guilherme Boulos em 2024

Publicidade

Em conversa com o blog, Fernando Haddad admitiu que o PT deve apoiar Guilherme Boulos em 2024. E disse que as conversas vêm desde o ano passado, “dentro de uma estratégia de fortalecer o campo progressista”.

“Boulos teve um bom desempenho em 2020”, afirmou ao se referir ao desempenho do então candidato do PSOL em 2020, que acabou indo para o segundo turno das eleições municipais na capital paulista.

Inicialmente, o PSOL resistiu por avaliar que aceitar um acordo para daqui a dois anos seria muito incerto. Mas as conversas avançaram e o PT aceitou fazer uma manifestação pública sobre o acordo, o que deixou o partido mais confortável para tomar a decisão.

De acordo com pessoas envolvidas nas conversas, PT e PSOL ainda debaterão a participação na chapa de Haddad – com vaga de vice ou do Senado.

O PSOL deve formalizar uma federação com a Rede. O objetivo é que os dois partidos consigam fazer uma bancada de cerca de 20 deputados federais – quase o dobro da atual, somadas as duas legendas. Entre os nomes que devem ser lançados pela federação, estão Boulos e Marina Silva (Rede), candidatos por São Paulo, e a ex-senadora Heloísa Helena (Rede), pelo Rio de Janeiro.

Boulos cogitava disputar o governo. Contudo, optou por concorrer à uma vaga na Câmara dos Deputados para ajudar o partido a furar a cláusula de barreira – regra que libera os fundos eleitoral e partidário às siglas que tiverem determinado número de representantes na Casa.

O líder do MTST chegou ao 2º turno na disputa pela prefeitura de São Paulo e obteve 40,62% dos votos, mas perdeu para o então prefeito, Bruno Covas, que somou 59,38% dos votos válidos – Covas morreu vítima de câncer em maio de 2021, sendo sucedido por Ricardo Nunes (MDB).

Fonte: G1


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?