Médico suspeito de importunação sexual em UBS

Publicidade

Artur Nogueira confirmou nesta terça-feira (5) que um segundo médico da rede municipal de saúde é alvo de sindicância por suspeita de importunação sexual contra paciente. Este caso foi relatado por uma moradora que foi à Unidade de Saúde Familiar Laranjeiras em 30 de março, portanto, antes de vir à tona o caso do profissional que atuava na Unidade Básica de Saúde (UBS) Espaço Mãe e Filho até sexta-feira que chegou a ser preso após denúncia.

De acordo com a administração, o médico da unidade Laranjeiras é concursado, foi afastado das atividades e antes da ocorrência ser registrada pela Polícia Civil ele atuou em outras quatro unidades de saúde da cidade. O prazo para conclusão da sindicância é de 30 dias, prorrogável por mais 30 dias.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?