Menos de 15% dos filiados assinam ‘carta pela democracia’ da Fiesp

Publicidade

A “carta pela democracia” da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) registrou baixa adesão, depois de ser publicada, na tarde da quinta-feira 4. Dos 131 sindicatos associados da Fiesp, apenas 18 assinaram (quase 15%).

Em contrapartida, a papelada tem a rubrica de quase 90 organizações, entre elas, empresariais, universitárias, ONGs e centrais sindicais. A “carta pela democracia” é a segunda, após a divulgação de um manifesto em defesa das urnas assinado por banqueiros, “intelectuais”, artistas, tucanos e petistas.

O documento destaca o “papel do Judiciário, em especial do Supremo Tribunal Federal, guardião último da Constituição, e do Tribunal Superior Eleitoral, que tem conduzido com plena segurança, eficiência e integridade nossas eleições”.

“Reconhecemos inestimável papel dos magistrados, ao longo de nossa história, como poder pacificador de desacordos e instância de proteção dos direitos fundamentais”, ressalta trecho do documento.

*Com informações da Revista Oeste

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?