Obras da Prefeitura de Hortolândia avançam para ativar “muralha digital”

Publicidade

As equipes da Prefeitura continuam os serviços na fachada, área interna e nas fiações no prédio no bairro Remanso Campineiro, onde funcionará a nova Central de Monitoramento do Trânsito de Hortolândia. À medida em que outras equipes realizam a colocação das bases dos postes que acoplarão as câmeras e, também, instalam o cabeamento necessário para o funcionamento dos dispositivos nas ruas, a obra da Central avança a cada dia.

Ainda neste semestre, os equipamentos de fiscalização eletrônica serão instalados para entrar em funcionamento e gerar as imagens. Com o início da operação, os agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana monitorarão diversos pontos da cidade, 24 horas por dia, todos os dias da semana, para auxiliar as forças de segurança do município contra infrações de trânsito e crimes. Roubos e furtos devem ser evitados com o monitoramento.

A central integrará informações de radares fixos e de avanço semafórico, lombadas eletrônicas e câmeras 360° que acompanham o trânsito e a segurança do munícipe, em geral, em locais estratégicos. A futura central contará com 12 telas, oito no sistema vídeo wall (série de monitores conectados fisicamente em arranjo, de modo a formar uma grande tela) e 18 estações de trabalho. O espaço fica localizado na rua Francisco Guimarães de Oliveira, 130, no Remanso Campineiro.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, no médio prazo, o objetivo é trazer novos serviços para a central, integrando o controle dos semáforos, transporte escolar, iluminação pública e câmeras de segurança. Um dos pontos mais interessantes sobre a central é a cerca eletrônica ou “muralha digital” que permite identificar veículos roubados e acionar a Polícia Militar assim que eles são localizados. Entre os equipamentos integrados à central estarão 10 pontos de câmera móvel, dois com câmeras 360° para fiscalizar tudo o que acontece em volta 24h por dia e 68 faixas de rolamento para equipamentos de fiscalização eletrônica. Toda a rede interligada garantirá mais segurança e possibilitará uma resposta mais efetiva dos agentes da Administração Municipal.

BASES DOS POSTES

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, agora, as equipes já trabalham na colocação das bases que sustentarão os postes colocados para acoplar as câmeras monitoradas. Além da base dos postes, a Administração Municipal trabalha na finalização da instalação do cabeamento necessário para fornecer a energia que ligará os dispositivos. Nesta primeira etapa de trabalho, acontece a instalação de 12 bases para os postes serem colocados e aproximadamente 19 mil metros de cabos também são instalados para o correto funcionamento da ‘muralha digital’ de segurança viária e pública, com informações integradas.

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Hortolândia


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?