Polícia prende empresário suspeito de participar da morte de secretário de Governo de Nova Odessa

Publicidade


A Polícia Civil de Piracicaba (SP) prendeu temporariamente um empresário, de 52 anos, suspeito de envolvimento no assassinato do secretário de Governo de Nova Odessa (SP), Marco Antônio Barion, nesta segunda-feira (21). De acordo com a investigação, a vítima e o homem moravam no mesmo condomínio e se conheciam por razões profissionais. A motivação do crime ainda é desconhecida.

O suspeito, que não deu nenhuma informação sobre os fatos, será interrogado e deverá ficar preso por 30 dias, inicialmente, enquanto a polícia segue com as investigações.

Um tablet, dois telefones celulares e uma agenda com anotações pessoais foram apreendidos e serão submetidos à perícia.

O secretário Marco Antônio Barion, conhecido como Russo, foi morto com, pelo menos, 13 tiros no dia 6 de dezembro de 2021 quando saía de casa, Jardim Marajoara. O vídeo de uma câmera de segurança flagrou o momento que o político é executado.

Outras imagens internas do condomínio auxiliaram o polícia a chegar ao suspeito, um empresário do ramo de pavimentação asfáltica. Segundo a delegada que comanda a investigação do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), Juliana Ricci, ele teria avisado os atiradores do momento em que a vítima deixava o local.
“Com certeza, não é o único envolvido nesse assassinato. Há ainda a participação de, pelo menos, duas outras pessoas que estavam em Fiat Uno Branco”, afirmou.

Ainda segundo a delegada, a caminhonete Hilux Branca, de propriedade do suspeito aparece em um dos vídeos no momento do crime. A empresa do suspeito tinha licitações de fornecimento de asfalto para outras prefeituras. Não há dados, até o momento, sobre a prestação de serviços com a Administração de Nova Odessa.

O crime

O assassinato aconteceu por volta de 7h20 do dia 6 de dezembro. Nas proximidades do local, os vizinhos relataram ter ouvido os tiros. Munições ficaram espalhadas pela rua e a área foi isolada para a perícia. O caso foi no Jardim Marajoara, pouco depois de Russo sair do condomínio onde mora.

O atirador estava em um carro branco que fechou o veículo de Russo. O criminoso desceu do carro, fez os disparos e fugiu em seguida.

Sobre Marco Russo

Marco Antônio Barion, conhecido como Marco Russo, era cientista social formado pela Unesp de Araraquara (SP). Segundo a prefeitura, ele foi assessor parlamentar do ex-deputado Antônio Mentor, secretário parlamentar do ex-deputado José Mentor, coordenador de Governo da Prefeitura de Iracemápolis (SP) e secretário de Administração da Prefeitura de Artur Nogueira (SP).

Sua última atuação foi como assessor do vereador Professor Antônio, em Nova Odessa, até outubro deste ano, quando deixou a assessoria para assumir a coordenação da equipe de transição do prefeito eleito Cláudio José Schooder, o “Leitinho”.

Fonte: G1


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?