Reforço em pavimento prepara marginal da Av. da Emancipação em Hortolândia para aumento no fluxo de veículos

Publicidade

Ao circular no sentido bairro da avenida da Emancipação, os motoristas observam a movimentação das equipes e das máquinas da Prefeitura de Hortolândia trabalhando no pavimento da rua marginal. A obra de remoção do asfalto para a aplicação de outro, mais forte, reforçará o pavimento do trecho que receberá maior fluxo de veículos após a construção do “Superviário”. A obra começa na rua Guatambu, entre a rua Cacto até a rua Flamboyant, próximo da Delegacia de Polícia, no Parque dos Pinheiros. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o local seguirá interditado pelos próximos 15 dias.

“Os serviços no pavimento da rua marginal à avenida da Emancipação são parte do ‘Superviário’. Estas intervenções serão complementares ao maior complexo viário da cidade, em construção. Os motoristas devem utilizar o desvio para acessar a região do Jardim Carmen Cristina nos próximos dias, quando a obra estiver em andamento”, explica o secretário de Obras, Sérgio Torrecilas.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, na área foram instaladas placas que indicam o trecho em obras, para alertar o motorista.  Quem estiver na avenida da Emancipação no sentido bairro-Centro e desejar acessar a rua Flamboyant, no sentido Jardim Minda/Jardim Carmem Cristina, deve permanecer na avenida da Emancipação para, à frente, acessar o desvio que estará sinalizado com placa até poder voltar à marginal da via e acessar este sentido.

SUPERVIÁRIO

A obra na marginal da avenida da Emancipação antecede a construção da ponte que ficará na rua Flamboyant (rua da Delegacia de Polícia), estrutura que fará a ligação até a rua Pacaembu (Jd. Carmem Cristina), compondo um dos acessos ao principal eixo viário, que seguirá desde a avenida Amélia Basso Breda (rua da feira, na Vila Real) até a Sabina Baptista de Camargo, com transposição sobre o córrego da Vila Real. Esta etapa terá aproximadamente 1,5 km de extensão, trecho dotado de iluminação em LED, pista de caminhada e ciclovia. Além disso, as ruas de acesso aos bairros continuam sendo abertas, como a que está em construção a partir do Jd. São Jorge e Jd. Nova Hortolândia.

O trecho do viário localizado na região central, próximo ao Assaí Atacadista, do outro lado da linha férrea, já começa a receber a base para a aplicação da massa asfáltica. O trecho é uma das extremidades da obra. A outra extremidade fica localizada sob a Ponte da Esperança (estaiada), onde, inclusive, o asfalto já foi aplicado em grande parte. Na área central, além da base asfáltica, a Prefeitura também constrói a calçada. De acordo com a Secretaria de Obras, quase metade dos trabalhos já foram concluídos no “Superviário”.

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. Haverá, ainda, a duplicação do trecho da avenida Sabina Baptista de Camargo, desde a rua Nossa Senhora do Carmo (Jardim Minda) até o cruzamento com a avenida Carlos Roberto Prataviera (que dá acesso ao cemitério), na rotatória atrás da empresa Magneti Marelli e ao lado do Parque Socioambiental Remanso das Águas. Uma ponte será construída neste trecho, sobre o córrego que corta a via, elevando a altura da pista e evitando inundações em dias de chuva forte.

A área lateral ao reservatório de contenção de enchentes que fica embaixo da Ponte Estaiada ponte será transformada em um novo espaço de convivência para desfrute da população, com equipamentos públicos de lazer e duas travessias para pedestres sobre afluentes do Ribeirão Jacuba. Haverá pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre, playground, espaços de convívio com lixeiras e bancos, além de estacionamento. Ao lado desta nova área de lazer, a nova avenida prosseguirá até a avenida Panaíno, atrás do Condomínio Green Park. A obra contempla, ainda, a ligação do viário que será construído até a avenida Panaíno, com sobreposição da linha férrea.

A área ambiental terá destaque nesta obra, com a criação de um parque linear na região central, margeando a rua Luiz Camilo de Camargo, do lado direito de quem segue sentido centro, paralelo à linha férrea, desde o Remanso Campineiro, até o Parque dos Pinheiros, no cruzamento com a avenida da Emancipação. O parque linear prossegue no trecho do Jardim Carmen Cristina até a duplicação da avenida Sabina Baptista de Camargo, mantendo o padrão das áreas de lazer do município: iluminação em LED, pista de caminhada e ciclovia, espaço para implementação de academia ao ar livre e espaços de convívio em todo o trecho.

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Hortolândia


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?