Santa Bárbara d´Oeste e Nova Odessa intensificam ações de distribuição de água tratada

Publicidade

A Coden Ambiental, concessionária dos serviços de Saneamento Básico de Nova Odessa, iniciou nesta semana a limpeza da Represa Recanto 1, que é a maior fonte de captação de água bruta do município e de onde são retirados até 7,8 milhões de litros por dia. Os serviços estão sendo realizados por duas escavadeiras com braços de longo alcance e consistem na retirada das algas e plantas macrófitas da superfície da água, especialmente os aguapés e alfaces d’água.

A presença das macrófitas na represa se deve a um acúmulo natural da vegetação aquática ocorrido ao longo do tempo e, apesar de não haver uma quantidade excessiva na represa, “é preciso agir preventivamente para evitar a sua disseminação em escalas maiores, o que poderia prejudicar a qualidade da água”.

Além da limpeza da Recanto 1, a Coden vem adotando boas práticas de manutenção em todo o sistema de captação de água, que além das três represas do sistema Recanto também conta com as represas Lopes/São Jorge e a do Córrego Palmital. Esta estrutura hídrica permite a retirada de até 19 milhões de litros de água por dia e garante uma disponibilidade de cerca de 2,5 milhões de metros cúbicos de água bruta reservada.

Uma de ações mais recentes da Coden foi o desassoreamento da Represa São Jorge, que resultou na retirada de aproximadamente 17 mil metros cúbicos de sedimentos e aumentou em 4 metros a profundidade do leito, elevando também o volume útil de água reservada.

Depois de captada, a água é bombeada até a ETA (Estação de Tratamento de Água) 1, que fica na sede da Coden, no Jardim Bela Vista, onde são tratados em média 16 milhões de litros por dia, que são distribuídos a 25 mil residências e estabelecimentos da cidade por uma rede de mais de 282 Km, atendendo uma população estimada em 61 mil pessoas.

A Coden também desenvolve trabalhos contínuos de manutenção do complexo de 11 reservatórios de água tratada e de combate às perdas, monitorando remotamente a pressão e a vazão em 52 pontos das redes e comparando-os aos volumes registrados na saída dos reservatórios. Graças a esse trabalho, o índice de perda de água vem se mantendo em 28%, um dos mais baixos da região.

Já o DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste realizou melhorias no sistema de coleta e afastamento de esgoto da Vila Mollon, na Zona Leste, com a construção de um novo poço de visita (PV) no trecho de rede existente no cruzamento das ruas do Césio e Estanho, próximo ao Parque dos Jacarandás, nesta semana.

Com um diâmetro maior, que facilita futuras inspeções e com uma nova tubulação interligando nas redes que se cruzam naquele ponto, o novo PV substituiu dois antigos poços que apresentavam danos estruturais por ação do tempo e corriam riscos de rompimentos.

O trabalho foi realizado por uma das equipes de manutenção de esgoto da Autarquia, que garantiu o bom funcionamento desse sistema de esgotamento sanitário, inserido na Bacia do Ribeirão dos Toledos, o qual tem todo o esgoto gerado nessa região da cidade afastado para ser tratado na ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Toledos II.


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?