Secretaria Direitos Humanos de Americana divulga Dia Nacional do Combate ao Trabalho Escravo

Publicidade

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) da Prefeitura de Americana está divulgando informações sobre o combate ao trabalho escravo, celebrado no dia 28 de janeiro, Dia Nacional do Combate ao Trabalho Escravo. Por meio do Disque 100, podem ser feitas denúncias sobre o trabalho escravo.

Trabalho escravo é o cerceamento de liberdade de se desligar do serviço, é servidão por dívida, condições degradantes de trabalho, jornada exaustiva. O trabalho escravo não é problema só do trabalhador, mas de toda a sociedade.

Conforme os dados do sistema informatizado do MPT (MPT Digital/Gaia), em 2019, no Brasil, o número de denúncias de trabalho análogo ao de escravo, aliciamento e tráfico de trabalhadores para a escravidão, aumentou de 1.127 casos para 1213, em comparação a 2018. Conforme a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, em 2019, foram fiscalizados 267 estabelecimentos, sendo encontrados 1.054 trabalhadores em condições análogas à escravidão.

O Dia Nacional do combate ao Trabalho Escravo é celebrado desde 2009, em homenagem aos auditores fiscais do Trabalho Erastóstenes de Almeida Gonçalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva e ao motorista Ailton Pereira de Oliveira, que foram assassinados em 28 de janeiro de 2004, quando investigavam denúncias de trabalho escravo, durante uma vistoria a fazendas na zona rural de Unaí, Minas Gerais. O episódio ficou conhecido como a chacina de Unaí e, até hoje, as famílias esperam justiça, aguardando a prisão dos mandantes.

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Americana


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?