Suspeito confessa ter matado Dom Phillips e Bruno Pereira, diz TV

Publicidade

Osney da Costa, preso pela Polícia Federal (PF) como suspeito do desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira , afirmou que matou Dom e Bruno. Segundo ele, o  seu irmão Amarildo dos Santos, preso nesta terça (14), também participou do crime. Os corpos teriam sido decapitados e queimados na terra indígena do Vale do Javari, na Amazônia.  A expectativa é que ainda nesta quarta, a Polícia Federal faça uma coletiva de imprensa para dar o caso como encerrado.

*Com informações da BandNews


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?