UPAs de Campinas passam a ter reforço no atendimento de casos de Covid-19 a partir desta segunda

Publicidade

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Campinas (SP) passam, a partir desta segunda-feira (10), a receber reforço com estudantes de medicina e profissionais de saúde para auxiliar no atendimento a casos suspeitos de Covid-19.

A Associação Beneficente Cisne, contratada pela Rede Mário Gatti, que administra os hospitais municipais e as UPAs da cidade, para desenvolver a área de ensino e assistência médica na UPA Campo Grande, vai começar a atuar na unidade com profissionais de saúde para compor as escalas junto com a equipe titular.

Já no dia 17 de janeiro, a associação assume integralmente a oferta de profissionais e a atual equipe da UPA poderá ser realocada para outras unidades de saúde.

Além disso, as UPAS do Carlos Lourenço, São José, Campo Grande e Anchieta vão contar com apoios de alunos e médicos responsáveis pela orientação de residentes das faculdades de medicina da Unicamp e São Leopoldo Mandic.

A Rede Mário Gatti tem convênio com as duas instituições. Os especialistas e alunos vão atender pacientes que chegarem às unidades com suspeita de coronavírus. A medida tenta desafogar a alta demanda de atendimento provocada pelo aumento de casos de Covid e gripe neste início de ano.

Fonte: G1


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?