Acordo de 2021 tira direito do Palmeiras de participação no lucro da venda de Arthur Cabral

Publicidade

A venda de Arthur Cabral para a Fiorentina encaminhada por cerca de R$ 98 milhões não vai representar um reforço financeiro para o Palmeiras neste momento. Isso porque o Verdão não tem mais, desde dezembro, a participação no lucro em uma nova transferência do atacante.

O contrato de venda do Verdão para o Basel previa uma participação palmeirense no lucro das operações. A diretoria, porém, acordou com os suíços a venda desse direito no fim da temporada passada.

Em junho de 2020, os palmeirenses negociaram Arthur Cabral por 4,4 milhões de euros, cerca de R$ 26,9 milhões – valor dividido com o Ceará na época. O Verdão teria direito a 30% do lucro de uma nova venda do atacante, o que representaria agora um ganho de cerca de R$ 21 milhões.

No Palmeiras, a decisão foi avaliada como uma alternativa para manter o fluxo de caixa e ter a base do time campeão da Libertadores na disputa do Mundial de Clubes da Fifa. Uma outra possibilidade para equilibrar a situação financeira, de acordo com pessoas do clube, seria a negociação de algum destaque do time, o que não foi feito.

Os valores da operação não foram informados, mas são um pouco inferiores ao que o Verdão teria direito agora com a negociação entre Basel e Fiorentina. A avaliação no clube, porém, é positiva e ressaltada como importante para o fechamento de ano palmeirense.

Fonte: GE

Foto: Getty Images

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?