Ano novo, velha pressão: São Paulo entra na zona de rebaixamento do Paulistão e liga sinal de alerta

Publicidade

O clima pesado e a desconfiança pelos resultados ruins se transportaram de 2021 para 2022. Depois de um Brasileirão no qual brigou contra o rebaixamento praticamente até o fim, o São Paulo começa o Campeonato Paulista pressionado. Afinal, o time entra para o quarto compromisso no estadual dentro da zona da degola.

A vitória do Água Santa contra o Novorizontino jogou o São Paulo para a penúltima colocação do Paulistão; apenas a equipe de Novo Horizonte possui retrospecto pior, perdendo no saldo de gols (-7 a -2).

Segundo o regulamento do Paulistão, os dois piores da classificação geral acabam rebaixados para a A-2. O São Paulo, em três jogos, soma apenas um ponto e busca a primeira vitória nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), contra o Santo André, no Morumbi.

A falta de resultados gera uma pressão natural sobre o trabalho de Rogério Ceni e da comissão técnica. O próprio treinador destacou a necessidade de uma resposta imediata diante do rival do ABC, pensando no futuro dentro da competição.

– Temos o jogo contra o Red Bull Bragantino como exemplo e (teremos) alguns dias para trabalhar para o jogo contra o Santo André, que é um time competitivo, mas nós precisamos fazer a nossa primeira vitória – afirmou Rogério Ceni.

Na mesma entrevista, concedida depois da derrota para o Bragantino, o treinador expôs um possível erro de planejamento. A crítica coletiva veio em forma de reflexão.

– Talvez o grande erro, talvez nem seja o grande erro, porque não pode colocar o time da Copa São Paulo. Nosso maior erro foi não ter o time da Copinha, não ter pensado rápido, e colocado esse time para jogar os dois primeiros jogos. Estamos tendo que preparar o time, desgastando os atletas, jogar e ganhar. A vitória não está vindo – desabafa o técnico.

– Poderíamos ter usado mais jogadores da Copinha, com um ou outro do elenco que estivesse melhor fisicamente, enquanto os outros fizessem uma pré-temporada mais longa. Talvez este tenha sido o erro de avaliação, mas vamos buscar – declarou Ceni.

Com apenas um ponto em três partidas, o São Paulo tem o pior início de Paulistão desde 1960. O retrospecto só foi pior em 1936, quando o clube acumulou três derrotas nos três primeiros compromissos.

Fonte: GE

Foto: Marcos Ribolli

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?