Camacho vê vitória contra o líder Atlético-MG como primordial para reação: “Vai ser mais uma final”

Publicidade

Após deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e encerrar uma sequência de 11 partidas sem vitória na temporada, o Santos busca dar sequência na reação dentro da competição. O próximo desafio será o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 19h, no Mineirão.

Um dos destaques na vitória sobre o Grêmio, no último domingo, o volante Camacho enxerga a partida como primordial para o Alvinegro continuar na briga por novos objetivos no Brasileirão.

– Será um jogo importantíssimo. Todos os times que estão próximos de nós na tabela vão ter jogos complicados também. Então, se a gente conseguir essa vitória vai ser primordial para ficarmos ainda mais longe dessa zona de rebaixamento, pois o Santos não pode estar ali de jeito nenhum. Vai ser mais uma final. E não vai adiantar nada fazer o jogo que fez no domingo e não conseguir dar uma sequência. Vamos com a cabeça boa e sabendo que a gente pode buscar esse triunfo lá em Minas – disse o camisa 29.

Camacho tem sido um dos principais jogadores do Santos neste Campeonato Brasileiro, com destaque tanto nos desarmes quanto no ínicio da criação de jogadas, com passes e lançamentos. O jogador comentou sobre o trabalho desenvolvido no Peixe.

– São características que a minha posição pede. Desde quando comecei na base eu sempre tive essa característica do passe e acaba sendo algo normal. Faz pouco tempo que comecei a jogar de primeiro volante, e sei que a função por ali é armar bem o time, mas também desarmar – analisou o volante.

Com a entrega dentro de campo, o atleta também tem conquistado o torcedor. A comemoração após o gol de Wagner Leonardo pelo Grêmio, onde o camisa 29 se ajoelhou e bateu no escudo do Santos costurado na camisa viralizou entre os santistas.

Vindo do Corinthians nesta temporada, Camacho assumiu que não esperava uma identificação tão rápida com o Alvinegro e com o torcedor.

– Fiquei muito feliz com a repercussão do meu gesto. Ali foi mais um desabafo mesmo, aquele sentimento de um caminhão saindo das costas de todos nós, jogadores e torcedores. Da forma que aconteceu, nos acréscimos, foi um desabafo e um alívio para todos. Eu não esperava essa identificação tão rápida aqui. Apesar do momento complicado na competição, eu me sinto muito bem no clube. Muito orgulhoso de defender essas cores – falou.

– Fui muito bem recebido por todos e me sinto em casa. Sabemos que ainda tem muito campeonato pela frente e ainda estamos numa situação muito difícil, mas o jogo de domingo foi bom demais. Acho que foi do jeito que tinha que ser para a gente tirar essa zica e partir para coisas boas – comentou Camacho.

O volante deve estar em campo contra o Atlético-MG nesta quarta-feira. O provável time é formado por João Paulo; Vinícius Balieiro, Emiliano Velázquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme, Camacho, Jean Mota e Vinícius Zanocelo; Marinho e Léo Baptistão.

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?