Corinthians tem jogo decisivo contra o Deportivo Cali

Publicidade

Deportivo Cali e Corinthians entram em campo nesta quarta, às 21h (de Brasília), no Estádio Coloso de Palmaseca, em confronto válido pela quarta rodada do Grupo E da Libertadores.

Assim como no Brasileirão, o Timão é líder na Libertadores. Em três partidas, somou seis pontos, com duas vitórias em casa e uma derrota fora, para o Always Ready, da Bolívia. Agora, faz dura sequência com duas partidas como visitante: a primeira em Cali e a segunda na Bombonera, no dia 17, contra o Boca Juniors.

Antepenúltimo colocado no Campeonato Colombiano e já sem chances de classificação no torneio local, o Deportivo Cali joga suas fichas na Libertadores, onde soma quatro pontos, com uma vitória, um empate e uma derrota – para o Corinthians, na Arena, por 1 a 0.

Será o quarto encontro entre as equipes na história. Além da vitória em abril, os times tinham se cruzado na primeira fase da Libertadores de 2006, quando o Timão venceu por 1 a 0 na Colômbia, com gol de Ricardinho, e por 3 a 0 no Pacaembu, com gols de Tevez, Nilmar e Marcus Vinícius.

Deportivo Cali – técnico: Rafael Dudamel

Em situação ruim no Colombiano, o Deportivo Cali foi a campo com só três titulares no fim de semana: Jhon Vázquez, José Caldera e Téo Gutiérrez. Mesmo assim, venceu o Once Caldas por 1 a 0 em Manizales, fora de casa, com o goleiro sendo o melhor em campo. A meta agora é usar um time descansado contra o Corinthians para tentar roubar a liderança do grupo.

Possível time: De Amores, Aldair Gutiérrez, Burdiso, Caldera e Cristian Mafla; Carlos Robles e Enrique Camargo; Kevin Velasco, Jhon Vázquez e Teo Gutiérrez; Angelo Rodríguez.

Quem está fora: Jorge Marisglia (problema médico não revelado).

Corinthians – técnico: Vítor Pereira

Sem Paulinho, que teve lesão ligamentar diagnosticada, o Corinthians viaja para a Colômbia com alguns jogadores descansados, como Fagner, Fábio Santos e Giuliano, que não atuaram na vitória contra o Fortaleza, além de Renato Augusto, Róger Guedes, Willian e Jô, que jogaram parte do jogo. O técnico Vítor Pereira não viajou com o elenco, mas pode se juntar à delegação nesta quarta-feira, exatamente quando o prazo mínimo exigido pela Conmebol para casos de Covid-19 se encerra.

Possível time: Cássio, Fagner, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon e Renato Augusto (Giuliano); Róger Guedes, Willian e Jô.

Quem está fora: Paulinho (lesão no joelho esquerdo).

Pendurado: João Victor.

  • Árbitro: Andrés Cunha (URU)
  • Auxiliar 1: Andrés Nievas (URU)
  • Auxiliar 2: Pablo Llarena (URU)

Fonte: GE

Foto: GE

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?