Djokovic vence Molcan e vai à terceira fase em Roland Garros

Publicidade

O sérvio Novak Djokovic venceu o eslovaco Alex Molcan na segunda rodada de Roland Garros por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/3 e 7/6, em pouco mais de duas horas de partida na quadra Suzanne-Lenglen.

Pela frente, Djoko terá o esloveno Aljaz Bedene, de 32 anos, atual número 195 do ranking mundial da ATP, que venceu o uruguaio Pablo Cuevas por 3 sets a 1, parciais de 4/6, 6/4, 7/6 e 6/4.

O jogo

Djokovic começou a partida fazendo um ótimo trabalho para tirar o conforto de Molcan. Variando golpes profundos e curtinhas na rede, o sérvio conseguiu a quebra logo no quarto game da partida e abriu 4/1 na sequência.

Com direito a mais uma quebra no fim do set, o número um do mundo venceu com facilidade por 6/2. O sérvio teve um pouco mais de dificuldade no começo da segunda etapa. Molcan melhorou nos saques e conseguiu se defender bem, mas não durou muito.

Nole conseguiu novamente garantir o game de saque do eslovaco, venceu o próprio e ampliou a vantagem para 2 sets a 0 com uma parcial de 6/3, encaminhando a vitória na segunda rodada. Mas foi no terceiro set que Alex Molcan mais deu trabalho ao atual campeão de Roland Garros.

Djokovic conseguiu abrir vantagem no segundo game de serviço do adversário, mas ele reagiu imediatamente e conseguiu a quebra para empatar a partida. Alex se manteve na partida e conseguiu forçar o tiebreak no terceiro período.

No desempate, Novak Djokovic abriu vantagem rapidamente e teve três match points a disposição. Perdeu o primeiro, mas aproveitou o segundo para fechar a partida em 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/3 e 7/6.

Com o pé direito

Bruno Soares e Jamie Murray fizeram a estreia no torneio de duplas masculinas nesta quarta-feira e da melhor forma possível. Vitória por 2 sets a 0 para a equipe do brasileiro, parciais de 6/1 e 6/2, em 59 minutos. Bruno é atualmente o 21º colocado no ranking de duplas, Jamie o 19º.

Bicampeão do US Open e com um título no Australian Open, Soares busca o primeiro título no saibro francês. Em 2020, Bruno foi vice-campeão ao lado do croata Mate Pavic contra os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies.

Fonte: GE

Foto: Aurelien Meunier/Getty Images

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?