Em nova final de Champions contra o Liverpool, Bale vive fim melancólico no Real Madrid

Publicidade

Um dos maiores casos de jogadores com momentos distintos em um clube de futebol. Desde o sucesso meteórico no Tottenham, até o auge no Real Madrid, sendo tetracampeão da Liga dos Campeões, Gareth Bale sempre demonstrou muita qualidade, se consagrando como um dos melhores jogadores de sua geração.

Talvez seu grande momento tenha sido o gol de bicicleta na final da Champions, contra o Liverpool, em 2018. Daqui a quatro dias, o Real volta a enfrentar os Reds em uma decisão europeia, mas desta vez, Bale vive momento oposto. Há pelo menos três temporadas, o jogador colocou a carreira em ‘banho-maria’, deixando claro seu desinteresse.

No próximo sábado, Real Madrid e Liverpool se enfrentam na grande final da Liga dos Campeões 2021/22. A partida começa às 16h (de Brasília) e terá transmissão em tempo real do ge. Gareth Bale, muito provavelmente, como na maioria dos jogos da temporada, não entrará em campo.

A pouco mais de um mês do fim de seu contrato, o galês se despede de forma melancólica, sem fazer parte (mesmo estando no elenco) de uma equipe que faz grande campanha na Liga dos Campeões e já conquistou o Campeonato Espanhol.

Na última sexta-feira, enquanto Marcelo e Isco se despediam do torcedor na partida contra o Betis, no Santiago BernabéuBale se despediu do lendário estádio das arquibancadas. Ele estava à disposição de Carlo Ancelotti, foi relacionado, mas o treinador não o selecionou para o banco de reservas. Anteriormente, no jogo do título da LaLiga, contra o Espanyol, também no Bernabéu, o jogador nem esteve presente na festa.

Briga com Zidane e queda de rendimento

Gareth Bale teve grandes momentos comandado por Zinedine Zidane, inclusive nas três conquistas seguidas da Liga dos Campeões, em 2015/16, 2016/17 e 2017/18. Porém, após ser decisivo contra o Liverpool na final de Kiev, houve um problema na relação com o treinador, que deu início ao fim do sucesso de Bale no Real.

A queda de rendimento ficou clara a partir da temporada 2019/2020. Na época, ele já não fazia parte dos planos de Zidane. Coincidentemente ou não, Bale foi flagrado jogando golfe durante jogos do Real Madrid mais de uma vez neste período. O desinteresse pela carreira só aumentou desde então.

Após ser ‘escanteado’ por Zidane, Bale foi emprestado para o Tottenham, clube que o projetou em alto nível no futebol europeu. Mesmo sem ser titular absoluto e sem desempenhar o mesmo futebol de anos anteriores, ele conseguiu ser importante para os Spurs, marcando 16 gols e dando três assistências na temporada 2020/21.

Na sequência, voltou ao clube merengue, sob o comando de Carlo Ancelotti, que tentou recuperar o jogador. Na atual temporada, Bale foi titular dos três primeiros jogos do Real Madrid no Campeonato Espanhol, mas uma lesão o tirou dos gramados por cerca de dois meses. A partir daí, problemas físicos e disciplinares o afastaram cada vez mais dos planos do treinador.

Títulos de Bale no Real Madrid

 

  • 4 Liga dos Campeões – 2013/14, 2015/16, 2016/17 e 2017/18
  • 3 Campeonatos Espanhóis – 2016/17, 2019/20 e 2021/22
  • 3 Supercopas da Uefa – 2014, 2016 e 2017
  • 3 Mundiais de Clubes – 2014, 2017 e 2018
  • 1 Copa do Rei – 2013/14
  • 1 Supercopa da Espanha – 2017

Nada vai apagar o bom futebol apresentado e as muitas conquistas que o atacante teve em Madri. Mas fica a mancha dos últimos anos, quando dos 30 aos 32, ainda poderia ter sido muito importante dentro de campo. Importância que ele ainda consegue (e quer) ter na seleção do País de Gales.

Bale segue sendo Bale no País de Gales

Representando seu país, Bale tem sido um jogador totalmente diferente do que tem sido visto (ou não tem sido visto) no Real Madrid. Participativo e vibrante, o galês marcou cinco gols nos últimos quatro jogos das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo do Catar. O País de Gales segue sonhando com um lugar no Mundial.

No dia 5 de junho, Bale e cia enfrentam Escócia ou Ucrânia na decisão da última vaga europeia. Este é o grande objetivo do jogador do Real Madrid, que foi muito criticado na Espanha, por supostamente se poupar no clube para atuar pela seleção.

O futuro de Gareth Bale, que já se sabe que não será no Real Madrid, depende de o País de Gales se classificar ou não à Copa do Mundo. Jonathan Barnett, seu empresário, disse à imprensa espanhola que a decisão sobre os próximos passos só será tomada depois da disputa da repescagem. O agente não excluiu a possibilidade de aposentadoria.

Fonte: GE

Foto: Infografia

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?