Fred vê Seleção em “patamar avançado” e já preparada para a Copa do Mundo do Catar

Publicidade

Com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias e boa estreia na Copa América, a Seleção é natural favorita para o bicampeonato do torneio continental. O objetivo final está em 2022, na Copa do Catar, mas há um rumo e uma seleção bem preparada há um ano e meio do Mundial. É a avaliaçã de Fred.

Uma das novidades de Tite desde a retomada dos jogos, o meio-campista do Manchester United não considera que os poucos jogos contra equipes europeias prejudiquem análise do momento da equipe. Fred, em coletiva nesta terça-feira, vê o Brasil num “patamar avançado”.

Desde a Copa da Rússia, a Seleção jogou só uma vez contra um rival europeu, a República Tcheca, em março de 2019, quando venceu por 3 a 1. Nesse período, das 29 partidas, 18 foram contra adversários sul-americanos.

– Estamos num patamar avançado. Depois da Copa (de 2018), Tite já iniciou o trabalho de reconstrução visando a próxima Copa. Vem fazendo um grande trabalho. Procura dar oportunidade para muitos jogadores, muitos passaram e muitos continuaram – disse o jogador, titular contra a Venezuela, no domingo.

– A Europa tem grandes equipes, mas aqui também. Você joga com equipes difíceis como Argentina e Uruguai. Quando enfrenta equipe menor, é muito difícil de jogar. Contra o Brasil, jogam na defesa e saem no contra-ataque. É um trabalho que vem sendo muito bem feito aqui, temos que fazer o melhor, estamos focados na Copa América. Temos condições de chegar na final, ser campeão – completou Fred.

Questionado se acredita que a Seleção já está pronta para a Copa de 2022, no Catar, Fred foi direto:

– Com certeza, sim, está preparada. Somos uma grande equipe, temos grandes jogadores, treinador, comissão técnica, que está fazendo um grande trabalho. Se a Copa fosse hoje, a seleção estaria preparada.

Independentemente do nível dos adversários, Fred entende que o trabalho feito pela comissão técnica é bom – o time foi campeão da Copa América de 2019.

– Acho que nos amistosos vão procurar os melhores adversários para nós. Para que a gente possa fazer grandes jogos antes da Copa. Difícil falar se vai ser com seleção europeia, até por causa de calendário, a gente não sabe. Mas o trabalho é muito bem feito, desde a última Copa, os números são muito bons. Os números mostram o trabalho do professor Tite.

Ele também defendeu a intenção do treinador, de usar a maior parte do elenco na disputa da Copa América.

– Na Copa América dá para o Tite rodar a equipe, é importante. Nos treinamentos ele coloca todo mundo para treinar da mesma forma. Fala sempre isso, de oportunidade, todos estarem preparados. É importante para o grupo, treinar todos da mesma forma – disse.

A Seleção volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o Peru pela segunda rodada da Copa América, no Rio de Janeiro. Na estreia, venceu a Venezuela por 3 a 0, resultado que colocou o Brasil na liderança do Grupo B, com os mesmos três pontos da Colômbia.

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?