Itália domina a Turquia e abre a Eurocopa com vitória empolgante em casa

Publicidade

Longe das grandes competições desde 2016, a Itália abriu a Euro 2020 com uma vitória empolgante. Jogando em casa, no Estádio Olímpico de Roma, a Azzurra teve boa atuação e venceu a Turquia por 3 a 0, nesta sexta-feira, no primeiro jogo da competição. O placar foi aberto com um gol contra de Demiral, aos sete do segundo tempo, e Immobile e Insigne ampliaram, aos 20 e aos 33, respectivamente.

O Estádio Olímpico de Roma recebeu 12.916 torcedores, que protagonizaram uma grande festa italiana desde a execução do hino nacional do país até o apito final. O estádio poderá contar com até 16 mil torcedores, 25% de sua capacidade, nas arquibancadas em todos os jogos. Hoje, a Itália tem média diária de 2,1 mil casos de Covid-19 e 73 mortes pela doença.

Com a vitória por um bom saldo de gols, a Itália dá um belo primeiro passo rumo à classificação para as oitavas de final da Eurocopa. A equipe é líder do grupo A com três pontos e três gols de saldo, e agora ficará de olho no duelo entre Suíça e País de Gales. A Turquia precisa se recuperar nas duas rodadas finais, tendo, ainda, a necessidade de melhorar seu saldo de gols.

Depois de ficar fora da Copa do Mundo de 2018, a Itália segue empolgando sob o comando de Roberto Mancini. Há quase três anos no comando do time, o técnico vem conseguindo liderar uma renovação e buscar um estilo de jogo mais ofensivo. Além disso, é a seleção invicta há mais tempo nesta Euro: são 28 jogos sem derrota, desde outubro de 2018.

Chuteira de Ouro na temporada passada, Immobile fez jus ao posto de homem-gol da seleção italiana e marcou o seu em lance de oportunismo. Ele foi uma das peças que tiveram boa atuação nesta sexta, junto a Insigne, Berardi e Spinazzola. A Azzurra dominou as ações e a posse de bola desde o começo do jogo e viu uma Turquia muito recuada, que conseguiu impedir as finalizações dentro da área. Porém, após o gol contra de Demiral no começo do segundo tempo, os italianos conseguiram armar melhor as jogadas e garantiram o resultado.

A Turquia de Burak Yilmaz teve uma atuação decepcionante, após criar expectativa com seu bom momento, inclusive nas eliminatórias para a Copa do Mundo. Comandada pelo técnico Senol Günes, o mesmo da Copa de 2002, a equipe adotou uma estratégia defensiva e não conseguiu correr atrás do resultado quando em desvantagem. Precisará melhorar o desempenho para avançar às oitavas de final.

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Faixa Atual

Título

Artista

Abrir conversa
Precisa de ajuda?