Jandrei se vê pronto para cobrar pênaltis em decisão pelo São Paulo: “Se precisar, também treinei”

Publicidade

Internamente, o São Paulo fez um planejamento para alcançar no mínimo a fase quartas de final da Copa do Brasil. Para atingir tal objetivo, o clube precisa vencer o Juventude nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Barueri, pela terceira fase do torneio. Todos os detalhes, portanto, são tratados como fundamentais.

Na véspera do confronto, assim como em outros dias que antecederam duelos eliminatórios, o elenco treinou cobranças de pênaltis. Até o goleiro Jandrei praticou arremates e se disse pronto para também assumir essa responsabilidade, como costumeiramente fazia o hoje treinador Ceni.

– Ideia é que a gente consiga a classificação nos 90 minutos, mas sabemos que será um jogo difícil. Nossa preparação tem que ser para vencer o jogo. Mas, se precisar, também treinei, todo mundo bateu pênaltis para estar pronto e saber o que fazer – declarou Jandrei, em papo com o ge.
Embora o grande foco do São Paulo na atualidade esteja na classificação para a Libertadores via Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil possui posição de destaque para os jogadores, ainda mais pelo aspecto histórico: o Tricolor jamais ganhou o torneio.

Há um ponto financeiro importante, ainda mais para o Tricolor, clube com mais de R$ 700 milhões de dívidas. A classificação para a fase oitavas de final vale R$ 3 milhões.

– A gente está em três competições, temos consciência disso. Queremos chegar o mais longe possível, chegar longe nas duas Copas, mas sem deixar de lado o Brasileiro, um campeonato de regularidade – declarou o goleiro titular da equipe.

– Sabemos que é o Brasileirão é um campeonato mais longo. Então, em um jogo como esse, nos preparamos para passar de fase e seguir nas três competições – acrescentou.

Para cumprir o objetivo e avançar de etapa no torneio, o São Paulo precisa vencer o Juventude na Arena Barueri. Empate leva a decisão para os pênaltis, devidamente treinados pelo goleiro Jandrei, ao estilo Rogério Ceni.

Na função de goleiro, Jandrei possui uma lembrança recente que impulsiona o Tricolor. Logo na estreia pelo clube, diante do Ituano, no Morumbi, o camisa 92 defendeu uma cobrança de pênalti no Morumbi.

Caso não use os pés como o treinador utilizava, as mãos podem surgir como fundamentais para o São Paulo seguir na perseguição ao inédito título de Copa do Brasil.

Fonte: GE

Foto: São Paulo FC

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?