Lisca recusa proposta, e Botafogo parte para o plano B na busca por treinador

Publicidade

Não será desta vez que Lisca treinará o Botafogo. O treinador deu um retorno negativo ao clube na manhã desta quarta-feira, um dia após a demissão de Marcelo Chamusca. Com a recusa do plano A, a diretoria volta ao mercado e tem pressa para negociar com outras opções da lista. Além do ex-técnico do América-MG, o Botafogo trabalhava com outros dois nomes.

Lisca foi o nome indicado pelo diretor de futebol Eduardo Freeland, que ganhou apoio dentro e fora do clube. O Botafogo estava otimista por um desfecho positivo e o acerto ficou próximo de acontecer, mas o treinador declinou nas últimas horas.

Prioridade do Botafogo, Lisca já era monitorado há tempos. Além da análise interna, do currículo e do momento do treinador, até a opinião da torcida foi levada em consideração pelos dirigentes. O nome do comandante foi bem aceito pelos alvinegros.

A próxima contratação será a última cartada nessa Série B, já que o regulamento não permitirá mais trocas de comando. Se o próximo treinador for demitido, a missão ficará com um auxiliar do clube. No cenário ideal, o novo comandante assumiria o time nesta semana para a rodada de sábado da Série B, contra o Brusque, às 19h (de Brasília), fora de casa.

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?