Olimpíadas de inverno: esquiadora e modelo, chinesa de 18 anos é ouro no Big Air

Publicidade

Candidata a grande estrela das Olimpíadas de Inverno, a chinesa Ailing Eileen Gu levou na madrugada desta terça-feira sua primeira medalha de ouro em Pequim. O prodígio de 18 anos, que também é modelo de grandes marcas, venceu a primeira final do Big Air no esqui estilo livre feminino. O primeiro lugar foi decidido no último salto, após um duelo eletrizante com a francesa Tess Ledeux.

Nascida em San Francisco, nos EUA, Eileen (ou Ailing em chinês) decidiu representar a China, país-natal de sua mãe, há três anos. Ela chegou a Pequim sob enorme pressão, com expectativas de que poderia conquistar medalhas em três provas – além do Big Air, vai competir no halfpipe e no slopestyle.

Ailing cumpriu a primeira parte da missão com excelência. Ela usou sua especialidade, o double cork 1440°, no primeiro salto – ela foi a primeira mulher na história a conseguir a manobra. Contudo, Tess Ledeux assombrou na primeira bateria e saltou à primeira posição com um 1620°, a primeira mulher a fazê-lo numa competição, e recebeu 94.50.

Gu fez um bom salto, mas recebeu apenas 88.50 na segunda bateria. A francesa, por sua vez, foi além e conseguiu um giro de 1840° no segundo salto para chegar a 187.50 no total.

Na terceira e última bateria, Eileen superou seus limites e encantou ao acertar o double cork 1620°. O salto incrível recebeu 94.50 e, com o segundo salto descartado, levou a nota da chinesa a 188.25, ou seja, 0.75 à frente de Ledeux. A francesa teve o último salto e acertou um 1440°, mas sua aterrisagem foi um tanto desequilibrada, e os juízes pontuaram 73.50, sendo uma nota de descarte. Ledeux chorou com o ouro perdido.

A suíça Mathilde Gremaud completou o pódio, com 182.50 para receber o bronze.

A medalhista de ouro é um prodígio. Além dos feitos nas pistas de neve, Ailing Eileen Gu é representada pela IMG, uma das maiores agências de modelo, e já fez campanhas para marcas como Fendi, Gucci e Louis Vuitton. Ela também é estudante exemplar e vai cursar a universidade de Stanford, uma das melhores instituições acadêmicas dos EUA. E ainda toca piano nas horas vagas – inclusive levou um teclado para praticar em Pequim.

Fonte: GE

Foto: Lintao Zhang/Getty Images

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?