Palmeiras mantém interesse em Pedro mesmo após recusa do Flamengo

Publicidade

Palmeiras entende que a situação é difícil, mas ainda não descartou Pedro. O Flamengo recusou a primeira oferta sinalizada pelo Verdão, de 20 milhões de euros (R$ 110,4 milhões).

A diretoria alviverde considera que um novo passo agora depende muito mais do Rubro-Negro. A cúpula palmeirense entende que já demonstrou ter uma boa oferta para os padrões do futebol brasileiro e, caso o Flamengo sinalize que mudou sua visão, continua interessada em comprar o atleta.

As duas diretorias tiveram uma conversa recentemente, em que o Palmeiras reforçou seu interesse no centroavante. Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, avisou a Leila Pereira, mandatária do Palmeiras, que não quer se desfazer do jogador agora.

Pedro já demonstrou que não irá brigar com o Flamengo para sair e só se envolverá após um acordo entre os clubes, mas o Verdão aguarda o desenrolar da situação do jogador – que, embora seja usado com frequência por Paulo Sousa, não é titular absoluto.

Aos 24 anos de idade, o camisa 21 rubro-negro está na pré-lista de Tite para os próximos dois jogos nas Eliminatórias da Copa do Mundo, contra Chile e Bolívia. Gabigol também está na relação.

No Palmeiras, Pedro é visto como o jogador que falta para fechar o mercado neste início de temporada. Abel Ferreira pede desde o ano passado a contratação de um centroavante de peso, e o Verdão tem encontrado dificuldades para concluir a busca.

Lucas Alario, Valentín Castellanos, Kaio Jorge e Yuri Alberto foram alguns dos nomes procurados nesta janela, mas as negociações não foram concluídas. Leila já declarou que os valores pedidos são fora da realidade do futebol brasileiro, só que ela decidiu adotar uma postura agressiva em relação ao jogador do Flamengo, por entender que este é um investimento certeiro.

O mapeamento de reforços também continua nos mercados da Rússia e Ucrânia, impactados pela guerra na região. A Fifa autorizou jogadores estrangeiros que atuam nos países a assinarem com novas equipes pelo menos até 30 de junho.

Isto poderia facilitar a volta de atletas como Fernando, do Shakthar Donetsk, ou Yuri Alberto, que foi vendido em janeiro pelo Inter ao Zenit. Os dois são bem avaliados pelo Palmeiras, que chegou a fazer contatos recentemente por Fernando, formado na base alviverde.

O clube, contudo, ainda entende que há muitas incertezas nestes casos e aguarda o desenrolar para definir uma possível oferta a atletas destes mercados.

Fonte: GE

Foto: André Durão

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?