Presidente da Fifa é criticado por discurso e diz que declarações foram “tiradas de contexto”

Publicidade

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou que foram “mal interpretadas e tiradas de contexto” declarações que ele deu nesta quarta-feira durante um discurso no Conselho da Europa.

– Minha mensagem mais geral foi que todos em posição de tomada de decisão têm a responsabilidade de ajudar a melhorar a situação das pessoas em todo o mundo. Se houver mais oportunidades disponíveis, inclusive na África, mas não limitadas a este continente, isso deve permitir que as pessoas aproveitem essas oportunidades em seus próprios países.

Infantino fez um discurso no qual citava uma de suas bandeiras – combater a concentração de riqueza e talentos no futebol europeu – e então citou a realização da Copa do Mundo a cada dois anos como uma das maneiras para atenuar esse problema.

– O futebol está indo numa direção em que alguns têm tudo e outros não têm nada. Aqui na Europa a Copa do Mundo acontece duas vezes por semana, porque os melhores jogadores estão aqui. Mas temos que pensar no mundo inteiro, em quem não tem os melhores jogadores […] Não podemos dizer ao resto do mundo: “nos dê o seu dinheiro e nos assista pela TV”, ou então “nos dê os seus melhores jogadores”. Temos que dar ao mundo a esperança e a oportunidade de fazer parte disso.

E então emendou:

– Precisamos incluir o mundo inteiro, dar esperança aos africanos, para que eles não precisem atravessar o Mediterrâneo em busca de uma vida melhor, ou, mais provavelmente, encontrar a morte no mar. Não fazendo caridade, mas dando a eles a chance de participar. E talvez a Copa do Mundo a cada dois anos não seja a solução, mas nós discutimos, nós estamos abertos a conversar.

As declarações de Infantino repercutiram negativamente. O diretor executivo da ONG Kick It Out, que trabalha contra discriminação no futebol, disse ao jornal “Daily Mirror” que o discurso de Infantino é “completamente inaceitável”.

Horas depois de o discurso ter viralizado, a Fifa publicou um comunicado no qual afirma que as declarações foram tiradas de contexto e que os comentários de Infantino não estavam diretamente relacionados à possibilidade de a Copa do Mundo ser disputada a cada dois anos.

Fonte: GE

Foto: Divulgação/Fifa.com

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?