Problemas na iluminação faz Brasil x Uruguai ser descartado da Arena da Amazônia, diz governador

Publicidade

No último dia 12, durante coletiva de convocação da Seleção, o coordenador Juninho Paulista revelou que a CBF pretendia mandar o jogo Brasil x Uruguai, válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, na Arena da Amazônia, em Manaus.

No entanto, nesta segunda-feira, o governador do Amazonas, Wilson Lima, revelou que não haverá tempo hábil para fazer a troca da iluminação do estádio, que está com problemas há alguns tempo e inclusive teve jogo do Manaus FC adiado da Série C por conta dos refletores. A partida seria realizada no dia 12 de outubro e a CBF, inclusive, mandaria uma comitiva para fazer vistorias.

A gente estava em um diálogo com a CBF. Eu fui consultado sobre a possibilidade da realização de um jogo da Seleção brasileira aqui no Amazonas. Mas nós temos uma situação relacionada à iluminação da Arena da Amazônia e aí a gente está fazendo esse trabalho de negociação. Para o jogo Brasil e Uruguai o Estado do Amazonas não tem condições de receber. A gente não tem prazo para fazer as adequações necessárias”.— Wilson Lima, governador do Amazonas

Ao mesmo tempo que descartou Brasil x Uruguai, o governador do Amazonas revelou que existe a intenção de trazer outro jogo para a capital amazonense, Brasil x Colômbia, que acontece no dia 11 de novembro.

– Mas para o mês de novembro a gente já tem condições. A gente está trabalhando aí a possibilidade de receber o jogo Brasil e Colômbia. Mas todas essas situações, todas essas confirmações, ainda estamos discutindo com a CBF. Isso ainda está em um estágio inicial e a gente vai discutir posteriormente se terá público ou não, se vai se confirmar, se há possibilidade de vir ou não para o Amazonas – completou.

Em 2020, a CBF divulgou os locais de todos os jogos da Seleção nas Eliminatórias e definiu que a Arena da Amazônia receberia a partida contra o Paraguai. O duelo contra o Uruguai seria no Maracanã. Porém, com a pandemia de coronavírus, que modificou o calendário, o planejamento foi alterado.

Em outubro, além do Uruguai o Brasil vai enfrentar Colômbia e Venezuela. Antes, em setembro, encara o Chile (fora) no dia 2, a Argentina, no dia 5, na Neo Química Arena, e o Peru, no dia 9, na Arena Pernambuco.

O Brasil é líder das Eliminatórias com 100% de aproveitamento: seis vitórias em seis rodadas.

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?