Procuradoria do STJD pede inquérito para apurar denúncia de injúria racial contra Edenilson

Publicidade

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitou a abertura de inquérito para apuração da denúncia de injúria racial de Rafael Ramos, lateral-direito do Corinthians, contra o volante Edenilson, do Inter, no empate por 2 a 2 entre as duas equipes, no último sábado. O jogador colorado prestou queixa contra o atleta corintiano, que nega a acusação.

O pedido foi encaminhado para o presidente do STJD, Otávio Noronha, que vai sortear um auditor do Pleno para conduzir o inquérito. A Procuradoria também pede que Edenilson e Rafael Ramos sejam ouvidos, bem como árbitro e assistentes, além da reunião de documentos, imagens e áudios disponíveis sobre o episódio.

– Ante à possibilidade da oitiva de mais depoimentos, bem como a reunião de novos documentos e mídias que corroborem com o depoimento do atleta Edenilson, em respeito à causa antirracista e à condução isenta dos procedimentos neste STJD, em especial por esta Procuradoria, faz-se necessária a apuração detalhada da prática da referida e repudiável conduta discriminatória – diz a Procuradoria, conforme nota publicada no site do STJD.
Caso a Procuradoria entenda que a denúncia de Edenilson é procedente, Rafael Ramos pode ser denunciado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de ato discriminatório. A pena prevista em caso de condenação é de suspensão de cinco a 10 partidas, além de pagamento de multa de R$ 100 a R$ 100 mil.
O caso também está sendo apurado na esfera criminal. A Polícia Civil já tomou o depoimento dos envolvidos no dia do jogo no Beira-Rio. A delegada Ana Luiza Caruso, da 2ª Delegacia de Porto Alegre, também solicitou uma perícia de leitura labial para comprovar a suposta ofensa racista e aguarda a conclusão do laudo. O inquérito deve ser concluído nos próximos dias.

O atleta corintiano foi preso em flagrante por injúria racial, mas liberado após pagamento de fiança de R$ 10 mil. Após isso, o jogador português se manifestou em entrevista, na qual reiterou que não cometeu o crime e disse que foi mal entendido. Edenilson, por sua vez, se manifestou nas redes sociais e manteve a denúncia.

Edenilson acusou Rafael Ramos de chamá-lo de “macaco”. O lance ocorreu aos 30 minutos do segundo tempo, depois de uma jogada pelo lado direito do ataque do Inter. Em seguida, o jogador colorado se dirigiu ao árbitro Bráulio da Silva Machado, e o jogo ficou paralisado por cerca de quatro minutos até ser retomado.

Veja a nota oficial do Inter:

“Mais uma vez, um lamentável caso de racismo é registrado no futebol nacional. Desta vez, em nossa casa, contra um jogador do Internacional. Na partida deste sábado (14/05), pelo Campeonato Brasileiro, Edenilson relata ter sofrido injúria racial por parte de Rafael Ramos, atleta do Corinthians.

É inadmissível que ainda ocorram fatos desse tipo em 2022, não há espaço para o racismo em nossa sociedade. O Clube do Povo reitera que repudia todo e qualquer ato de preconceito e apoia o seu atleta”.

Veja a nota oficial do Corinthians:

“O Corinthians reafirma que, coerente com seus 111 anos de história, repudia e não compactua com o racismo.

O atleta Rafael Ramos foi ouvido pelo clube e deu versão diferente do incidente no Beira-Rio, durante a partida contra o Internacional pelo Brasileirão 2022. Logo depois, seguro de que não proferiu injúria racial, fez questão de se explicar a Edenilson, no vestiário do Internacional.

Em decorrência da denúncia feita pelo atleta colorado, a lei obriga que se trate o caso como flagrante, seguido de detenção. O pagamento de fiança não implica admissão de culpa, permitindo ao atleta que se defenda em liberdade no inquérito.

Clube e atleta continuarão a colaborar com as autoridades, certos de que tudo será esclarecido o mais rapidamente possível.”

Fonte: GE

Foto: Silvio Avila/Getty Images

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?