Quartas de final da Champions: City encara o Atlético de Madrid, e Benfica enfrenta o Liverpool

Publicidade

As quartas de final da Liga dos Campeões começam a ser disputadas nesta terça-feira, com dois jogos. O Benfica recebe o Liverpool no Estádio da Luz, em Lisboa, e o Manchester City enfrenta o Atlético de Madrid na Inglaterra.

Na quarta-feira, o Villarreal recebe o Bayern de Munique no Estádio de La Cerámica, e o Chelsea terá pela frente o Real Madrid, em Stamford Bridge. Os jogos de volta das quartas de final já serão na semana que vem.

O jogo desta terça entre City e Atlético vai ser mais um embate entre os estilos dos técnicos Pep Guardiola e Diego Simeone. E na entrevista coletiva de véspera, o treinador do time inglês chamou a atenção por rebater, com ironia, as críticas que recebe por supostamente “pensar demais” nas táticas para o mata-mata da Champions.

— Na Champions League eu sempre penso demais. Sempre crio novas táticas, novas ideias, e amanhã vocês vão ver outra. Amo isso. Seria chato se sempre jogássemos do mesmo jeito. Amo pensar demais e criar táticas estúpidas. Quando não ganhamos eu sou punido. Hoje à noite vou me inspirar e para criar uma tática incrível amanhã: jogar com 12 — brincou.

Manchester City não vai poder contar com o zagueiro Rúben Dias e o meio-campista Cole Palmer, machucados, além do lateral-direito Kyle Walker, suspenso.

Depois de eliminar o United nas oitavas de final, o Atlético de Madrid volta a Manchester para encarar uma missão ainda mais difícil: superar o atual líder da Premier League, considerado o melhor time da temporada.

A equipe espanhola também vive bom momento, em menor escala: são oito jogos de invencibilidade. Na opinião do meia Koke, o Atlético “sempre é subestimado”, e nesse confronto com o Manchester City não será diferente, mas isso não mexe com a confiança do grupo.

— Eles são um dos favoritos. Na última temporada, ficaram muito perto de vencer a Champions. Eles têm um grande treinador, ótimos jogadores, estão jogando um grande futebol, mas esse é o tipo de desafios que gostamos — comentou o capitão do Atleti.

Atlético de Madrid estará desfalcado de duas peças importantes: o zagueiro José María Gimenéz, machucado, o volante Héctor Herrera, também lesionado, e o meia Yannick Carrasco, suspenso.

Prováveis escalações:

Manchester City: Ederson; João Cancelo, Laporte, Stones e Zinchenko; Bernardo Silva, Rodri e De Bruyne; Mahrez, Foden e Sterling.

Atlético de Madrid: Oblak; Llorente, Savić, Felipe, Reinildo e Renan Lodi; Koke, Kondogbia e Lemar; Griezmann e João Félix.

Se é possível apontar um favorito para o confronto entre City e Atlético, o que dizer do embate entre Benfica e Liverpool? Até antes da derrota para a Inter de Milão nas oitavas, o time inglês havia vencido todos os seus sete jogos pela atual Liga dos Campeões. Além disso, briga pelo título da Premier League.

Só que o Benfica também foi considerado “azarão” na fase passada e superou o Ajax em Amsterdã. Diante de uma campanha aquém da esperada no Campeonato Português, o técnico Nélson Veríssimo está ameaçado no cargo. Ele se dis “despreocupado” sobre o seu futuro.

— Agradeço a preocupação que estão a ter pela minha continuidade. Sinceramente, é um tema com o qual não estou preocupado. O mais importante são os jogos que temos pela frente. O meu futuro é o que menos importa neste momento. Estamos numa eliminatória que abre a possibilidade de chegarmos às semifinais da Liga dos Campeões, algo que nunca aconteceu neste formato. É por isso que vamos lutar — comentou.

A derrota para a Internazionale mencionada anteriormente foi a única em 2022 do Liverpool, que venceu 16 jogos e empatou em três nesse período. Do total de 20 partidas, em 13 o time não sofreu gol. Na visão do técnico Jürgen Klopp, a unidade defensiva é a base de tudo.

 É a mãe, se você quiser dizer, de tudo o que fazemos. É o que eu peço constantemente, para nunca parar, porque isso te dá estabilidade, dá oportunidade para vencer jogos por 1 a 0, o que é importante porque nem sempre você consegue fazer muitos gols contra oponentes de qualidade. Então é assim que começa e como termina — disse.

Nenhum dos dois times tem novos desfalques para essa partida. O Benfica segue sem poder contar com o zagueiro Lucas Veríssimo e o atacante Rodrigo Pinho.

Prováveis escalações:

Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Otamendi, Vertonghen e Grimaldo; Weigl, Taarabt e João Mário; Darwin Núñez, Gonçalo Ramos e Rafa Silva.

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Matip, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson e Thiago Alcántara; Salah, Jota e Mané.

Fonte: GE

Foto: Infografia ge

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?