Quase 100 jogadores passaram no São Paulo após última derrota para o Corinthians em casa; veja lista

Publicidade

São Paulo tem a chance no sábado de completar cinco anos sem derrotas para o Corinthians no estádio do Morumbi. O retrospecto positivo nasceu depois de um revés sob o comando de Rogério Ceni e foi seguido de um período de muitas mudanças no clube.

Desde aquele 16 de abril de 2017, quando Rodriguinho e Jô decidiram a vitória por 2 a 0 pela semifinal do Paulistão, em duelo marcado pelo caso de Fair Play de Rodrigo Caio, que gerou grande bronca de Ceni sobre o zagueiro, o São Paulo não perdeu mais para o rival dentro de casa.

Neste período de invencibilidade contra o arquirrival, foram oito treinadores, contando com o retorno de Ceni desde o fim do ano passado. Em quase cinco anos, diante de constantes processos de reformulações no elenco, quase 100 atletas passaram pelo clube do Morumbi.

A invencibilidade de oito partidas começou com um empate por 1 a 1 sob o comando de Dorival Junior, pelo Brasileirão de 2017. Na sequência, Diego Aguirre embalou duas vitórias (1 a 0, pelo Paulistão de 2018, e 3 a 1, pelo Brasileirão de 2018).

Cuca dirigiu o São Paulo somente na primeira partida da final do Paulista de 2019, quando as duas equipes não saíram do 0 a 0.

A partir deste duelo, chegou o treinador com mais jogos neste período: Fernando Diniz, que venceu duas vezes (1 a 0 e 2 a 1 pelos Brasileiros de 2019 e 2020, respectivamente).

Após Diniz, Ceni foi quem comandou o São Paulo diante do Corinthians no Morumbi, e venceu. O placar de 1 a 0, com gol de Calleri, ocorrido em outubro do ano passado, serviu para ajudar o Tricolor na briga contra o rebaixamento no Brasileirão.

Houve, porém, quem passou pelo clube, mas não enfrentou o Corinthians como mandante no período. Casos de André Jardine, Vagner Mancini e Hernán Crespo.

O argentino, antecessor de Ceni, só enfrentou o Timão uma vez e comandou o time no empate por 2 a 2, pelo Paulistão do ano passado, na Neo Química Arena. O auxiliar de Crespo, Juan Branda, esteve no banco de reservas no 0 a 0, pelo Brasileirão do ano passado.

Confira os 92 jogadores que passaram pelo São Paulo neste período:

 

2018

  • Goleiros: Jean, Sidão, Lucas Perri e Lucas Paes
  • Laterais: Bruno Peres, Régis, Reinaldo, Edimar e Júnior Tavares
  • Zagueiros: Rodrigo Caio, Arboleda, Bruno Alves, Anderson Martins, Éder Militão e Aderllan
  • Meio-campistas: Jucilei, Petros, Hudson, Araruna, Liziero, Paulo Henrique, Nenê, Shaylon, Lucas Fernandes, Cueva e Valdívia
  • Atacantes: Brenner, Diego Souza, Tréllez, Marcos Guilherme, Bissoli, Caíque, Paulinho Bóia, Helinho, Gonzalo Carneiro e Morato

2019

  • Goleiros: Tiago Volpi, Jean, Lucas Perri, Lucas Paes e Júnior
  • Laterais: Igor Vinícius, Reinaldo e Léo
  • Zagueiros: Arboleda, Bruno Alves, Walce, Anderson Martins, Lucas Kal
  • Meio-campistas: Hudson, Willian Farias, Liziero, Luan, Tchê Tchê, Hernanes, Lucas Fernandes, Helinho e Igor Gomes
  • Atacantes: Jonas Toró, Everton, Joao Rojas, Marquinhos Calazans, Antony, Alexandre Pato, Pablo e Gonzalo Carneiro

2020

  • Goleiros: Tiago Volpi, Lucas Perri, Denis Júnior e Thiago Couto
  • Laterais: Igor Vinícius, Juanfran, Reinaldo e Léo
  • Zagueiros: Rodrigo Freitas, Arboleda, Bruno Alves, Diego Costa e Walce
  • Meio-campistas: Daniel Alves, Tchê Tchê, Vitor Bueno, Luan, Liziero, Hernanes, Shaylon, Igor Gomes, Gabriel Sara e Rodrigo Nestor
  • Atacantes: Pablo, Tréllez, Toró, Helinho, Brenner, Joao Rojas, Gonzalo Carneiro, Paulinho Bóia e Luciano

2021

  • Goleiros: Tiago Volpi, Lucas Perri, Arthur Gazze, Thiago Couto e Young
  • Laterais: Igor Vinicius, Daniel Alves, Orejuela, Reinaldo, Nathan, Welington
  • Zagueiros: Rodrigo Freitas, Arboleda, Diego Costa, Miranda e Bruno Alves
  • Meio-campistas: Tchê Tchê, Luan, Liziero, Gabriel Neves, Hernanes, William, Shaylon, Gabriel Sara, Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Talles Costa, Everton Felipe, Martín Benítez
  • Atacantes: Vitor Bueno, Joao Rojas, Pablo, Toró, Luciano, Eder, Galeano, Bruno Rodrigues, Calleri, Juan, Paulinho Bóia, Vitinho, Rigoni e Marquinhos

2022

  • Goleiros: Tiago Volpi, Thiago Couto e Jandrei
  • Laterais: Rafinha, Igor Vinicius, Léo, Reinaldo, Welington e Moreira
  • Zagueiros: Miranda, Arboleda, Walce e Diego Costa
  • Meio-campistas: Luan, Gabriel Neves, Andrés Colorado, Gabriel Sara, Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Talles Costa, Pablo Maia, Patrick
  • Atacantes: Calleri, Rigoni, Eder, Marquinhos, Nikão, Luciano, Alisson, Juan, Caio e Toró

Relembre os jogos deste tabu são-paulino:

 

São Paulo 1 x 0 Corinthians – 18 de outubro de 2021

São Paulo 2 x 1 Corinthians – 30 de agosto de 2020

São Paulo 0 x 0 Corinthians – 15 de fevereiro de 2020

São Paulo 1 x 0 Corinthians – 13 de outubro de 2019

São Paulo 0 x 0 Corinthians – 14 de abril de 2019

São Paulo 3 x 1 Corinthians – 21 de julho de 2018

São Paulo 1 x 0 Corinthians – 25 de março de 2018

São Paulo 1 x 1 Corinthians – 24 de setembro de 2017

Fonte: GE

Foto: Marcos Ribolli

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?