RBR nega favoritismo a Verstappen sobre Pérez: “Ambos têm a mesma chance”

Publicidade

O clima não parecia dos melhores na RBR após o GP da Espanha. Lá, Sergio Pérez, mais rápido que um Max Verstappen com problemas na asa traseira em duelo com a Mercedes de George Russell, teve que abrir caminho para o colega. E foi justamente o mexicano quem venceu o GP de Mônaco, no último domingo. Mas o chefe Christian Horner assegurou que não há favoritismo na equipe.

– Não importa para nós qual dos dois pode ser campeão do mundo. Claro, o campeonato de construtores é extremamente importante. Mas seja Max ou Checo, ambos são pilotos da RBR e têm a mesma chance. Será uma temporada longa e com altos e baixos, mas é ótimo ter dois pilotos bons nas horas mais difíceis – comentou o gestor.

A polêmica em Barcelona se sucedeu logo após um erro que jogou Verstappen do segundo para o quarto lugar. A RBR pediu que Pérez abrisse caminho para o colega e prometeu que retribuiria o favor, apesar da resistência do mexicano.

Algumas voltas depois, Sergio era o mais rápido e pediu que o time ordenasse ao atual campeão mundial lhe ceder a posição para que ele pudesse brigar com Russell. O pedido não foi atendido.

Nos giros finais da prova, quando Verstappen fez um segundo pit stop e Pérez retomou a liderança, ele também foi orientado a abrir caminho para o holandês. Depois da bandeirada, o piloto do carro 11 reforçou que precisaria conversar com o time.

Com a vitória na Espanha, Verstappen aumentou a vantagem na liderança do campeonato de pilotos. Mas se tivesse vencido, Pérez, atual terceiro colocado com 15 pontos de diferença para o colega, estaria na vice-liderança com só dois pontos de desvantagem.
Pérez foi contratado pela RBR em 2020, após a primeira vitória de sua carreira, no GP de Sakhir; o mexicano havia sido demitido da Racing Point (atual Aston Martin) e quase ficou fora da F1.
Porém, ele chegou para assumir o lugar de “segundo piloto” do time austríaco liderado pelo campeão Verstappen; antes, a posição já havia pertencido a Alexander Albon e Pierre Gasly.
Antes, Verstappen teve como colega Daniel Ricciardo. Foi superado pelo atual piloto da McLaren nas duas primeiras das três temporadas as quais dividiram os boxes; em 2019, Horner chegou a comentar que o australiano “fugiu da briga” com o jovem rival.

Após transferir-se para a Renault, Daniel comentou ver uma preferência da RBR a Max com o intuito de fazer dele “o mais novo campeão da história”.

O triunfo de Pérez em Mônaco aproveitou o erro de estratégia da Ferrari com o pole Charles Leclerc, segurando o rival Carlos Sainz por boa parte da prova para vencer pela primeira vez em 2022.

– Ele (Pérez) sempre gostou desta pista. Lembro-me de quando ele pilotou na GP2 (atual Fórmula 2) aqui, onde sempre foi muito forte. Checo está em um ótimo momento na carreira e faz um ótimo trabalho. E não é algo pontual; vimos sua pole position em Jeddah. Isso é fantástico para nós, mas precisamos de ambos os pilotos trabalhando assim, juntos – elogiou Horner.

Nada de revanche

Pérez saiu da Espanha cobrando uma conversa importante com a RBR pelas ordens de equipe que considerou “injustas”. Mas apesar do desentendimento, Horner garante que a atuação do mexicano em Mônaco não foi uma forma de “responder” ao time pelo incidente em Barcelona.

– Conversamos logo após a prova em Barcelona e não tínhamos absolutamente nenhum problema. Ele entendeu muito claramente qual era o cenário, sua confiança é alta e diferença de tempo entre ele e Max está muito, muito mais apertada – reforçou o gestor britânico.

O foco da RBR ainda é vencer a acirrada batalha com a Ferrari. Embora líder do campeonato desde o triunfo na Espanha, o time austríaco está a 36 pontos da rival italiana, que pode retomar a posição com uma dobradinha. A próxima etapa da F1 é o GP do Azerbaijão em 12 de junho.

Fonte: GE

Foto: Hasan Bratic/picture alliance via Getty Images

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?