São Paulo busca primeira vitória longe da capital no Brasileiro após quase nove meses

Publicidade

São Paulo viaja a Curitiba, nesta quarta-feira, para enfrentar o Coritiba e um jejum que já dura quase nove meses: vencer uma partida fora da capital paulista no Brasileiro. O duelo contra os paranaenses está marcado para quinta, às 20h, no Couto Pereira, pela décima rodada do torneio.

Desde que venceu o Sport por 1 a 0, em agosto do ano passado, o São Paulo não teve mais triunfos como visitante – a exceção foi o clássico contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

A campanha fora de casa tem sido fonte de preocupação de Rogério Ceni, num contraste com os bons resultados conquistados no Morumbi, onde não perde desde março, ainda no Paulista – também um jogo contra o Palmeiras.

No Brasileiro de 2022, o São Paulo tem quatro empates e uma derrota como visitante, só 26% de aproveitamento – o Tricolor é o sexto colocado, com 14 pontos, dez deles conquistados no Morumbi com três vitórias e um empate.

Em 2021, quando o time brigou para não ser rebaixado, o São Paulo teve apenas quatro vitórias longe do Morumbi, além de nove derrotas e seis empates – 31% de aproveitamento, número superior ao atual.

– Temos que melhorar o desempenho fora de casa para pensar em título. Dez pontos em 12, em casa, não é ruim. Mas, três pontos nos mesmos 12 fora de casa, não dá para enxergar título – afirmou o técnico Rogério Ceni após o empate em casa contra o Ceará, duas rodadas atrás.

Depois desse jogo, contra o Avaí, em Santa Catarina, novo empate.

O treinador afirmou que há uma conta para se colocar como um candidato ao título:

– Temos que aumentar essa pontuação. Sempre quando nós batemos campeões, foi uma média de 80% (de aproveitamento) em casa, com 50% fora. Estamos longe dos 50%.

Na mesma resposta, de olho nos jogos contra Avaí e Coritiba, ambos como visitante, colocou como meta conquistar mais do que dois pontos – o que obriga o São Paulo a vencer no Couto Pereira.

Para o duelo desta quinta, Ceni não terá Arboleda, que está com a seleção do Equador, nem Nikão, ainda se recuperando de lesão. Alisson é dúvida, assim como Andrés Colorado. Rafinha e Igor Gomes voltam após cumprir suspensão.

Desta maneira, um provável São Paulo tem: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Rafinha, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Welington; Luciano (Eder) e Calleri.

Fonte: GE

Foto: R.Pierre/AGIF

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?