São Paulo sonda Pedrinho, Maycon, David Neres e Alan Patrick, todos do Shakhtar

Publicidade

São Paulo fez sondagens por quatro jogadores brasileiros que têm contrato com o Shaktar Donetsk, da Ucrânia: os meias Maycon e Alan Patrick e os atacantes Pedrinho e David Neres. O clube, porém, é pessimista sobre as chances de repatriar algum deles.

Os quatro jogadores deixaram a Ucrânia nas últimas semanas após a invasão russa. Eles estavam em Kiev, a capital do país. Por causa da guerra, o Campeonato Ucraniano foi suspenso.

A diretoria tricolor fez contato com representantes desses jogadores – com David Neres, as conversas já tinham sido reveladas pelo diretor de futebol, Carlos Belmonte, em entrevista à Central do ge.

No caso de Pedrinho, ex-Corinthians, o empresário do jogador, Will Dantas, disse que o Shakhtar aceitaria manter o jogador emprestado até o fim do ano. O agente revelou que o rival tricolor também procurou o jogador. Maycon é outro nome cogitado no Corinthians, onde foi campeão brasileiro e bicampeão paulista.

Deles, Alan Patrick, de 30 anos, é o mais experiente. Revelado pelo Santos, o meia também defendeu Palmeiras, Inter e Flamengo no Brasil.

As chances

Havia mais otimismo na contratação dos atletas até o início dessa semana, já que o Brasil é um dos poucos mercados relevantes ainda com janela de transferências aberta – assim como os EUA.

Na segunda-feira, porém, a Fifa emitiu comunicado informando que alterou temporariamente regras de transferências e registro de atletas de clubes da Ucrânia e Rússia.

No caso dos ucranianos, a Fifa permitiu que eles tenham os contratos suspensos até o final de junho, o que lhes dá a chance de assinar com outras equipes por esse período. O que atrapalhou clubes brasileiros é que a entidade também autorizou que esses jogadores se vinculem a agremiações de países com janelas fechadas, o que reabriu todo o mercado europeu a eles.

Há também obstáculos financeiros. O São Paulo tem informação de que os salários desses atletas giram em torno do equivalente a R$ 1,5 milhão por mês, valor que não se encaixa no orçamento tricolor.

Segundo uma fonte do clube, ainda que topassem ganhar menos, o São Paulo teria condições de contratar apenas um deles.

A expectativa no Morumbi é de que esses atletas todos permaneçam na Europa, o que seria do interesse do Shaktar, inclusive.

Apesar desse pessimismo, o São Paulo mantém os contatos à espera de uma oportunidade. Pela determinação da Fifa, esses jogadores têm até o dia 7 de abril para encontrar um clube onde as janelas já estão fechadas – a do Brasil se encerra cinco dias depois.

Fonte: GE

Foto: ge

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?