São Paulo supera polêmica com Daniel Alves após fim de trajetória na Libertadores

Publicidade

Um dos assuntos que cercaram o São Paulo às vésperas do confronto diante do Palmeiras direcionava para as declarações de Daniel Alves após o ouro olímpico. Passado o duelo, que terminou com eliminação são-paulina na fase quartas de final da Libertadores, o clube quer enterrar qualquer resquício de polêmica nos bastidores.

Após amenizar o clima durante a semana pré-clássico, o São Paulo optou por uma estratégia de conter o ruído sem qualquer tipo de conversa ou algo que pudesse manter o assunto em discussão. Não houve e não há previsão de qualquer diálogo com Daniel Alves para abordar as falas do camisa 10 depois da conquista no Japão.

A polêmica nasceu depois da vitória do Brasil sobre a Espanha na final do futebol masculino em Tóquio. Em declaração concedida ao “UOL”, Daniel Alves endureceu o discurso ao falar da ausência nos jogos contra o Racing, pelas oitavas da Libertadores, para defender a seleção nos Jogos Olímpicos.

– O São Paulo falhou muito comigo, e era um momento que eu tinha de escolher pelo São Paulo e por defender meu país, e sempre vou representar meu país e por tabela representar o time – comentou Daniel Alves há pouco mais de duas semanas.

– As pessoas falam porque não conhecem minha dedicação, entrega e respeito com o São Paulo, sendo que o São Paulo muitas vezes falhou comigo, e eu não falho com o São Paulo – acrescentou.

Internamente, a conversa é que a “vida seguiu” desde o retorno de Daniel Alves ao São Paulo. Desde a declaração, o veterano de 38 anos atuou duas vezes com a camisa tricolor, ambas nos jogos contra o Palmeiras pela competição sul-americana.

O camisa 10 trabalhou na reapresentação da última quinta-feira, no primeiro treinamento do São Paulo pós-eliminação na Libertadores. O time fez uma atividade técnica e tática e começou a preparação para o confronto de domingo contra o Sport, pelo Brasileirão.

Com a eliminação no torneio sul-americano, o São Paulo de Daniel Alves traça dois objetivos para a temporada 2021. Na Série A, o clube busca sair da parte mais baixa da tabela. O Tricolor, que venceu as duas últimas partidas pela competição, ocupa a 14ª posição, com 18 pontos somados depois de 16 rodadas.

Daniel Alves ainda tem a possibilidade de colaborar para um título inédito na história são-paulina. A equipe está viva na Copa do Brasil e abre o duelo quartas de final contra o Fortaleza já na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.

A volta contra o Tricolor de Aço vai ocorrer somente no dia 15 de setembro. Antes disso, Daniel Alves defenderá a seleção brasileira principal em três partidas pelas Eliminatórias Sul-americanas: Chile (fora de casa, dia 2), Argentina (na Neo Química Arena, dia 5) e Peru (na Arena Pernambuco, dia 9).

Fonte: GE


Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?