Torcedor argentino que imitou macaco em Corinthians x Boca é solto após pagar fiança em SP

Publicidade

Leonardo Ponzo, torcedor argentino detido por imitar macacos durante o jogo Corinthians x Boca Juniors, na Neo Química Arena, terça-feira, pela Libertadores, pagou fiança no valor de R$ 3 mil e foi liberado nesta quarta pela manhã.

A informação foi confirmada pelo delegado da Drade (Delegacia de Repressão aos Delitos Esporte), César Saad.

De acordo com o delegado, Ponzo foi enquadrado no crime de injúria racial e, por isso, tinha o direito do pagamento da fiança para deixar a prisão. A pena para o caso é de um a três anos de detenção.

Leonardo Ponzo estava acompanhado por agentes do consulado da Argentina e embarcou com destino ao país de origem.

O torcedor do Boca foi detido pela Polícia Militar durante o intervalo da partida. A PM tinha em mãos imagens feitas por torcedores do Timão que mostravam o argentino imitando macacos já nas arquibancadas do estádio.

Cerca de 2.500 ingressos foram vendidos para os torcedores do Boca Juniors para o jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos. O Timão cedeu parte do Setor Sul para aumentar a capacidade do setor visitante, que costuma receber apenas 1.500 bilhetes.

Corinthians se manifestou por meio de nota oficial, na qual disse que “repudia todo e qualquer ato de racismo e discriminação e agradece à Polícia Militar pela eficiência no apoio prestado. Esse fato só reforça a importância de nossa luta por um futebol sem ódio.”

Fonte: GE

Foto: Bruni Cassucci

Marcado como

Opnião dos Leitores

Você não está autenticado, clique aqui. para acessar o sistema!.


Notícia FM

Ligou, virou Notícia!

Faixa Atual

Título

Artista

Ligou, virou Notícia!

Precisa de ajuda?